Liderança feminina foi tema de encontro de mulheres cooperadas da Primato em Toledo

Este ano, no 14º Congresso Brasileiro de Cooperativismo (CBC), realizado de 8 a 10 de maio, em Brasília, foi reforçado o papel dos jovens e das mulheres no cooperativismo, com sugestão de mais ações voltadas a estes públicos. Neste contexto, a Primato Cooperativa Agroindustrial, que já desenvolve um trabalho direcionado à jovens cooperados, também tem buscado uma maior participação feminina junto à Cooperativa.
De acordo com a agente de cooperativismo da Primato, Carolina Carvalho Garcia de Souza, “a mulher tem um potencial enorme para atuar como protagonista, tanto no ambiente familiar quanto no profissional, e ao trazer essas mulheres para junto da Primato, nós nos fortalecemos enquanto cooperativa e oferecemos a oportunidade para que elas possam se autodesenvolverem também.”

EVENTO
No último sábado (19) cerca de 40 cooperadas e esposas de cooperados se reuniram na Associação da Primato, sediada na rodovia BR 163 em Toledo (PR), para participarem da palestra “O Segredo das Mulheres Felizes”, evento exclusivo para mulheres cooperadas promovido pela Primato, através de apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/PR).
O evento contou com a presença do gerente de gente e gestão, Edivan Meneguetti, que proferiu algumas palavras enfatizando essa aproximação da Primato com seus cooperados e destacando “a atuação das mulheres na cooperativa, que possui expressiva representatividade feminina em seus quadros de lotação, seja como colaboradoras e cooperadas”, disse.

PALESTRA
O palestrante Edely Tápia envolveu e motivou a todas contextualizando a importância da mulher na família, no campo, cooperativa e sociedade valorizando suas qualidades, desenvolvendo o espírito de liderança e falando sobre felicidade e bem-estar. Após a palestra, as mulheres foram recebidas no salão social da Associação com um almoço especial, em um momento de integração.

LIDERANÇA FEMININA
Estiveram presentes no evento Elaine Decker Lawich, cooperada atuante no Conselho de Administração da Primato e Leoni Heck Frantz Arnhold, do Conselho Fiscal que usaram a palavra para contarem um pouco da sua experiência enquanto mulheres em cargos de liderança.
“Sou uma das primeiras cooperadas, da época que a Primato iniciou suas atividades. Já atuei vários anos no Conselho e vejo como positiva essa abertura que tem dado a cooperativa para que as mulheres participem, pois vemos, em outros lugares, cargos ocupados exclusivamente por homens. Então precisamos aproveitar e estar mais presente em nossa cooperativa”, enalteceu Leoni.